...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

CFT participa do lançamento da Frente Parlamentar em defesa do ensino técnico

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante apresentou seu compromisso de ampliação e modernização do ensino técnico e profissionalizante no Brasil.

Nesta terça-feira (9/4), o CFT participou do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante, realizada na Câmara dos Deputados.
Na ocasião, foram apresentadas as disposições da nova frente parlamentar, formada por 218 deputados e 14 senadores, cujo compromisso será a defesa de investimentos em ensino técnico e profissionalizante no Brasil.

Para o coordenador da frente, o deputado, e também técnico agrícola, Giovani Cherini (PR-RS), o ensino técnico se legitima como vetor de transformação social, principalmente para a juventude brasileira. Por meio do ensino técnico e profissionalizante, os jovens podem desde o ensino médio ser inseridos no mercado e aprender uma profissão que lhes permitirá até mesmo pagar um curso superior.

Wilson Conciani, Reitor do IFB – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília; destacou a qualidade e crescimento do ensino técnico brasileiro, de modo que os institutos federais do Brasil estão há 12 anos em 4º lugar no ranking das melhores escolas de educação profissionalizante do mundo.

Outra pauta do lançamento foi a necessidade de alinhamento do ensino técnico com as novas tecnologias (como os drones) e tendências de mercado, visando ampliar a atuação dos técnicos agrícolas e industriais.

Já o Presidente do CFT Wilson Vieira, fez um apanhado histórico das quase quatro décadas do movimento de técnicos industriais, que possibilitou que os técnicos se retirassem do sistema CREA/CONFEA, para o conselho próprio – podendo assim obter maior representatividade.

Giovani Cherini finalizou com a garantia de que a Frente Parlamentar em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante acompanhará com afinco os trabalhos das comissões temáticas do Congresso Nacional pertinentes ao tema.

Últimas notícias

CFT alerta sobre prazo para justificativa eleitoral

Profissionais habilitados que não votaram nas eleições do Sistema CFT/CRTs, em 2022, têm até 12 de fevereiro para justificar ausência de modo online e manter…
Ler mais...

CFT propõe integração com o Conselho de Química

Iniciativa fortalece os interesses dos técnicos Industriais e profissionais de química que atuam em diferentes áreas ligadas ao desenvolvimento social e econômico do Brasil.
Ler mais...

CFT capacita equipes de fiscalização do CRT-03

Projeto itinerante desenvolvido pela Diretoria de Fiscalização e Normas do CFT, treina equipes do regional que abrange os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Sergipe.
Ler mais...

CFT participa do lançamento da Frente Parlamentar em defesa do ensino técnico

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante apresentou seu compromisso de ampliação e modernização do ensino técnico e profissionalizante no Brasil.

Nesta terça-feira (9/4), o CFT participou do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante, realizada na Câmara dos Deputados.
Na ocasião, foram apresentadas as disposições da nova frente parlamentar, formada por 218 deputados e 14 senadores, cujo compromisso será a defesa de investimentos em ensino técnico e profissionalizante no Brasil.

Para o coordenador da frente, o deputado, e também técnico agrícola, Giovani Cherini (PR-RS), o ensino técnico se legitima como vetor de transformação social, principalmente para a juventude brasileira. Por meio do ensino técnico e profissionalizante, os jovens podem desde o ensino médio ser inseridos no mercado e aprender uma profissão que lhes permitirá até mesmo pagar um curso superior.

Wilson Conciani, Reitor do IFB – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília; destacou a qualidade e crescimento do ensino técnico brasileiro, de modo que os institutos federais do Brasil estão há 12 anos em 4º lugar no ranking das melhores escolas de educação profissionalizante do mundo.

Outra pauta do lançamento foi a necessidade de alinhamento do ensino técnico com as novas tecnologias (como os drones) e tendências de mercado, visando ampliar a atuação dos técnicos agrícolas e industriais.

Já o Presidente do CFT Wilson Vieira, fez um apanhado histórico das quase quatro décadas do movimento de técnicos industriais, que possibilitou que os técnicos se retirassem do sistema CREA/CONFEA, para o conselho próprio – podendo assim obter maior representatividade.

Giovani Cherini finalizou com a garantia de que a Frente Parlamentar em Defesa do Ensino Técnico e Profissionalizante acompanhará com afinco os trabalhos das comissões temáticas do Congresso Nacional pertinentes ao tema.