...

Central de atendimento ao Técnico

0800 016 1515

Generic selectors
Somente resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Post Type Selectors

CONHEÇA O CRT DA SUA REGIÃO:

Primeira reunião de 2020 entre CFT e Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC

O Setec – MEC recebe o CFT para apresentar seus últimos projetos pertinentes ao Ensino Técnico

Na quinta-feira (30/1), a Diretoria Executiva do CFT se reuniu com o Secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Ariosto Antunes, e com a Diretora de Políticas e Regulação de Educação Profissional e Tecnológica, Marilza Machado.

Na ocasião o Presidente do CFT, o Técnico em Edificações, Wilson Wanderlei Vieira, traçou um panorama das últimas conquistas do Conselho, do andamento de suas atividades e apresentou ao Setec – MEC a atual estruturação do sistema CFT/CRTs.

Já a Diretora de Políticas e Regulação de Educação Profissional e Tecnológica, Marilza Machado, discorreu sobre o empenho empreendido pelo Ministério da Educação na atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT). Segundo Marilza, serão criados grupos de trabalho para atuar junto ao Ministério de Educação, de modo que já foram recebidas 120 propostas de colaboração advindas de diversas instituições.

Uma das prioridades do Setec – Mec é que o processo de atualização do referido Catálogo conte com docentes, especialistas, Conselhos como o próprio CFT, técnicos e com o setor produtivo. De modo que o maior número de modalidades técnicas seja contemplado. A estimativa do MEC é de que a nova edição do CNCT seja aprovada em abril.

O Secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Ariosto Antunes, destacou a preocupação do MEC em reverter o engessamento da base curricular no Brasil, onde as grades curriculares são inflexíveis, uma vez que são as mesmas há anos. Esta tendência é notória especialmente entre cursos técnicos mais tradicionais. Dito isso, ele ressaltou a importância da revisão dessa base curricular. Por fim, Ariosto Antunes sugeriu que o diálogo entre Setec – Mec e CFT seja mantido e fortalecido, uma vez que o Ensino Técnico configura instrumento de desenvolvimento econômico e transformação social.

Outro ponto abordado foi o interesse do Ministério em promover um incentivo às especializações, de modo que estas não fiquem restritas ao ensino superior, e que no ensino técnico também seja criada uma cultura de aperfeiçoamento profissional.

A Diretora Marilza Machado finalizou a reunião apresentando ao CFT seu projeto de pesquisa junto à UNESCO acerca da percepção do jovem sobre do Ensino Profissional no Brasil.

 

 

 

 

Últimas notícias

CFT alerta sobre prazo para justificativa eleitoral

Profissionais habilitados que não votaram nas eleições do Sistema CFT/CRTs, em 2022, têm até 12 de fevereiro para justificar ausência de modo online e manter…
Ler mais...

CFT propõe integração com o Conselho de Química

Iniciativa fortalece os interesses dos técnicos Industriais e profissionais de química que atuam em diferentes áreas ligadas ao desenvolvimento social e econômico do Brasil.
Ler mais...

CFT capacita equipes de fiscalização do CRT-03

Projeto itinerante desenvolvido pela Diretoria de Fiscalização e Normas do CFT, treina equipes do regional que abrange os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Sergipe.
Ler mais...

Primeira reunião de 2020 entre CFT e Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC

O Setec – MEC recebe o CFT para apresentar seus últimos projetos pertinentes ao Ensino Técnico

Na quinta-feira (30/1), a Diretoria Executiva do CFT se reuniu com o Secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Ariosto Antunes, e com a Diretora de Políticas e Regulação de Educação Profissional e Tecnológica, Marilza Machado.

Na ocasião o Presidente do CFT, o Técnico em Edificações, Wilson Wanderlei Vieira, traçou um panorama das últimas conquistas do Conselho, do andamento de suas atividades e apresentou ao Setec – MEC a atual estruturação do sistema CFT/CRTs.

Já a Diretora de Políticas e Regulação de Educação Profissional e Tecnológica, Marilza Machado, discorreu sobre o empenho empreendido pelo Ministério da Educação na atualização do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT). Segundo Marilza, serão criados grupos de trabalho para atuar junto ao Ministério de Educação, de modo que já foram recebidas 120 propostas de colaboração advindas de diversas instituições.

Uma das prioridades do Setec – Mec é que o processo de atualização do referido Catálogo conte com docentes, especialistas, Conselhos como o próprio CFT, técnicos e com o setor produtivo. De modo que o maior número de modalidades técnicas seja contemplado. A estimativa do MEC é de que a nova edição do CNCT seja aprovada em abril.

O Secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Ariosto Antunes, destacou a preocupação do MEC em reverter o engessamento da base curricular no Brasil, onde as grades curriculares são inflexíveis, uma vez que são as mesmas há anos. Esta tendência é notória especialmente entre cursos técnicos mais tradicionais. Dito isso, ele ressaltou a importância da revisão dessa base curricular. Por fim, Ariosto Antunes sugeriu que o diálogo entre Setec – Mec e CFT seja mantido e fortalecido, uma vez que o Ensino Técnico configura instrumento de desenvolvimento econômico e transformação social.

Outro ponto abordado foi o interesse do Ministério em promover um incentivo às especializações, de modo que estas não fiquem restritas ao ensino superior, e que no ensino técnico também seja criada uma cultura de aperfeiçoamento profissional.

A Diretora Marilza Machado finalizou a reunião apresentando ao CFT seu projeto de pesquisa junto à UNESCO acerca da percepção do jovem sobre do Ensino Profissional no Brasil.